segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Florescendo como Palmeiras e crescendo como Cedro do Libano

"O justo florescerá como palmeira; crescerá como cedro no Líbano" Sl 92:12
FLORESCENDO COMO A PALMEIRA

As palmeiras florescem várias vezes, o ano inteiro, independente da estação, depois das flores chega os frutos, quando a palavra de Deus diz que o justo florescerá como a palmeira ela afirma que o cristão sincero deve florescer todo o tempo, independente da situação que está vivenciando, pois se assim o fizer, dará muitos frutos.
Eclesiastes 9:8
 “Em todo tempo sejam alvas as tuas vestes, e jamais falte o óleo sobre a tua cabeça”.

CRESCENDO COMO CEDROS DO LIBANO

O CEDRO DO LÍBANO é uma árvore majestosa que encontramos especialmente nas regiões montanhosas do Líbano, Síria e Turquia.
Essa árvore vive centenas de anos, e é considerada um símbolo de força e eternidade.
Os fenícios usavam o cedro do Líbano para construir embarcações militares e comerciais, bem como para a construção de templos e habitação. Países distantes procuravam a sua madeira para as suas construções civis ou religiosas - sendo o caso mais famoso o da construção do Templo de Salomão em Jerusalém, bem como os Palácios de David e Salomão.

ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DO CEDRO DO LÍBANO

1ª- Crescimento Lento Mas Consistente.
Sabemos acerca do Cedro do Líbano que ele cresce devagar, mas chega a atingir a altura de até 40 metros. Nos primeiros três anos de vida, as raízes crescem até um metro e meio de profundidade, enquanto a planta tem somente cerca de cinco centímetros. Somente a partir do quarto ano é que a árvore começa a crescer.
      Cristão comparado ao cedro - O objetivo dos filhos de Deus, não deve estar no crescimento em si, mas no lançar das suas raízes.
Parábola do semeador
Mateus 13:5 e 6
Outra parte caiu em solo rochoso, onde a terra era pouca, e logo nasceu, visto não ser profunda a terra. Saindo, porém, o sol, a queimou; e, porque não tinha raiz, secou-se.”

Somente florescerão e crescerão em Deus, aqueles que firmarem suas raízes, pois como nos mostra a parábola do semeador, a planta que não tinha raiz foi queimada pelo sol (o sol representa todas as adversidades do dia a dia)



Efésios 6:13
“Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis”.


A frente de um circo estava um vendedor de balões, o menino que saia do circo pediu à mãe que comprasse um dos balões, indeciso o menino pedia um balão verde, depois já não queria o verde e sim o amarelo e assim permaneceu nesta indecisão, trocando várias vezes de cor, quando o vendedor lhe perguntou o motivo de toda aquela dúvida, o menino foi logo dizendo que queria a cor que faria o balão voar mais alto.
Então o vendedor com muita paciência lhe explicou que o que faria o balão alçar vôo alto não era o que estava por fora e sim o que estava por dentro.


O que fará você alçar vôos altos (crescer) não é o que está por fora e sim o que está no teu interior.

Precisamos firmar nossas raízes!
E como fazemos isso?
Com oração
Leitura da palavra (Bíblia)
Santificação sem a qual ninguém verá a Deus
“Quanto mais perto de Deus mais firmes ficarão nossas raízes, e no tempo certo o crescimento será visível”.

2ª Raízes que Buscam as Águas Profundas
O cedro do Líbano suporta muito calor e muito vento, suas raízes não dependem nada da chuva porque suas raízes vão buscar águas nos lençóis freáticos (que é o lugar nas profundezas que tem água potável).
Temos que viver do que cremos e não do que vemos

Ezequiel 47:3, 9

Apesar da ausência de chuvas ou de fatores externos extremamente desfavoráveis, há de se encontrar as águas mais profundas.
Aquelas que se acham quando são buscadas. Não estão na superfície da indiferença nem da preguiça. Não estão no limiar do conformismo ou da apatia espiritual.
Elas estão no lugar da fome e da sede de Deus.

 Elas se encontram no lugar do desejo de ser alguém para Deus e para o mundo.

“Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração.” (Jeremias 29:13)


1.          Raízes Que Abraçam a Rocha

Há informações de que toda raiz quando cresce muito e atinge a rocha pára de crescer.
No caso do cedro do Líbano a raiz continua a crescer em volta da rocha, abraçando-a.
Pessoas que vivem fora da palavra de Deus, quando se deparam com a Rocha que é Cristo, com seus imutáveis princípios param de crescer, pois suas fórmulas e métodos são condenados por ele.




Lucas 6:47, 48
Todo aquele que vem a mim, e ouve as minhas palavras, e as pratica, eu vos mostrarei a quem é semelhante.
É semelhante a um homem que, edificando uma casa, cavou, abriu profunda vala e lançou o alicerce sobre a rocha; e, vindo à enchente, arrojou-se o rio contra aquela casa e não a pôde abalar, por ter sido bem construída.

Quanto mais abraçado à rocha mais firme ficarás
CONCLUSÃO
Deus prometeu que os justos florescerão como a palmeira e crescerá como cedros do Líbano, ele não mente jamais e sua palavra não volta a traz, portanto devemos assimilar as verdades paralelas expressas pela figura do cedro do Líbano para crescermos como ele.


1-          Crescimento Lento Mas Consistente.
2-          Raízes que buscam águas profundas.
3-          Raízes Que Abraçam a Rocha.


Deus te abençoe!




Pra. Paula Jóia


2 comentários:

  1. Eita mensagem linda e ungida,glória a Deus por sua vida querida,que o Senhor continue lhe usando para a glória de Deus...abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém querida Deus abençoe...sempre... (Pastor Paula.)

      Excluir